MÉDICO DE SÃO LUÍS É ACUSADO DE SUPOSTO ENVOLVIMENTO COM PIRÂMIDE FINANCEIRA

O médico cirurgião bariátrico Abdon Murad Júnior de 38 anos está sendo investigado por ter criado uma pirâmide financeira. Uma das pessoas lesadas teria sido o médico Hugo de Sousa da Silva de 37 anos, ele juntamente com integrantes da sua familia teriam investido cerca de 7 milhões de reais no negócio ano passado. Segundo informações a Abdon Murad Junior Participações e Empreendimentos prometia rendimentos de até 15% ao mês em cima de aportes financeiros, isso seria possível por conta de investimentos em fundos internacionais, Bolsa de Valores e imóveis. Para dar garantias o médico dava cheques com valores em torno de 400 mil a 800 mil. Os cheques no entanto eram sustados ou não possuiam fundos.

O médico Hugo de Sousa e Silva chegou a alugar um carro de som e foi até a casa de Murad Júnior para pedir seu dinheiro de volta.

Ao ser procurado Murad Júnior informou que precisaria de tempo para esclarecer uma história de dez anos de investimento.

(*) Da redação
TAG