Haroldo Tavares, o engenheiro considerado até hoje o melhor prefeito de São Luís MA

Haroldo Tavares foi um engenheiro maranhense que ousou sonhar um Maranhão moderno. O protagonismo dessa figura ímpar da história politica maranhense, se inicia quando José Sarney chega ao Governo do Estado do Maranhão em meados da década de sessenta. Após ser convidado para ser o Secretário de Obras do Estado, o engenheiro deu inicio a um grande processo de modernização nas obras do estado tendo como ponto de partida a capital São Luís.

Haroldo foi o primeiro gestor maranhense a pensar o Maranhão, tomando ações que o impactariam a curto, médio e longo prazo. Até antes da chegada de José Sarney ao poder, o Maranhão passou anos em posse do temido politico Vitorino Freire, o período do Vitorinismo é tido por muitos como um dos mais retrógados de toda a história do Maranhão. Ao assumir a gestão do estado, José Sarney trouxe consigo ares de reestruturação e progresso que perpassariam por todas as áreas administrativas do seu governo. Um governo que tinha o poeta Bandeira Tribuzzi e o engenheiro Haroldo Tavares como secretários, prometia diversos avanços e foi o que aconteceu.
Obras como o Porto do Itaqui, a pavimentação de Campo de Perises, a construção do Anel Viário, a Barragem do Bacanga, a Rodovia Norte e Sul, o primeiro computador do meio norte usado numa gestão estadual, só para citar algumas de suas realizações. Em 1972 por conta de seu protagonismo na modernização estrutural do Estado, Haroldo Tavares foi eleito prefeito de São Luís. É desse período uma das contribuições mais importantes para toda a história da Arte e Cultura do Maranhão, foi dele a ideia de trazer os grupos de Bumba Meu Boi para se apresentar nas regiões centrais de São Luís, até então era proibido apresentações desses grupos no centro da capital. A partir dessa sua atitude como gestor, o Bumba Meu Boi passou a ser visto de outra forma, algo que antes era tido pela elite maranhense com olhos preconceituosos. Ainda nessa época Haroldo Tavares patrocinou como prefeito a primeira gravação de um disco de Bumba Meu Boi da história do Maranhão.

Convidamos vocês a assistir no vídeo abaixo, o excepcional documentário dirigido por Joaquim Haickel sobre Haroldo Tavares, o gestor que ousou sonhar o Maranhão da modernidade.

(*) Natanael Castro, editor.
TAG