Ex-consulesa da frança reclama de participação de William Wack em cobertura da CNN

Na tarde de ontem (2) a ex-consulesa da frança Alexandra Loras reclamou da participação do jornalista William Wack na cobertura dos protestos anti-racismo nos EUA. Ela relembrou que o âncora havia sido demitido da Globo em 2017, após vazamento de um áudio seu nos bastidores da vitória do Presidente Donald Trump, no áudio Wiliam reclama de um motoqueiro que passava na rua, em determinado trecho ele tece comentários racistas contra o motoclicista.

"Hoje, a CNN e toda mídia brasileira têm o poder de convidar acadêmicos negros para conversar sobre essa temática. Quando vejo o William Waack, que foi mandado embora por um episódio de racismo, e hoje ele debater tanto tempo sobre o racismo... Eu acho que deveríamos também convidar negros para debater sobre essas questões", disse a ex-Consulesa.

Ao ser procurada a CNN disse que não iria se pronunciar sobre o assunto.

(*)Da redação. 
TAG