PF investiga empresa de fachada contratada para fornecer máscaras em São Luís (MA)

A "Operação Cobiça" deflagrada pela CGU (Controladoria Geral da União), em parceria com a PF, investiga em São Luís e em São José de Ribamar, uma empresa contratada para realizar o fornecimento de máscaras hospitalares para o combate ao coronavírus, as investigações preliminares apontam que a empresa nunca havia vendido máscaras anteriormente. Outra empresa também investigada, é apontada nas investigações sendo de fachada, tendo uma pessoa "laranja" como sua responsável, segundo os investigadores ficou bem claro que tais empresas não possuiam capacidade técnico-operacional para fornecimento de máscaras.

A operação investiga também outras compras irregulares em outros munícipios do Maranhão, com a urgência causada pelo surgimento da pandemia do novo coronavírus, uma lei decretada pelo Presidente Bolsonaro com anuência do Congresso, excluiu durante o período de emergência sanitária a obrigatoriedade de licitação nas compras de materiais hospitales.

(*) Da redação.
TAG