A Problemática do Bigorrilho



É incrível como aqui em São Luís o São João custa a acabar... Mesmo depois do tal "Lava Bois" em São José de Ribamar, as brincadeiras costumam se estender pelo mês de julho. Num desses Festejos passados, estava eu na praça Gonçalves Dias, e lá de cima fiquei observando que ainda rolavam algumas brincadeiras na praça Maria Aragão, era uma dança portuguesa, mas, o que me chamou mesmo a atenção, foi a letra de uma das músicas que eles dançavam.

Era um tal de "Bigorrilho", Ora bolas, na boa... Isso só pode ter sido escrito por um bêbado ou um doido... A coisa é tão sem nexo que vou transcrever a letra pra ver se me dão razão:
"Lá em casa tinha um bigorrilho
bigorrilho fazia mingau
bigorrilho foi quem que me ensinou
A tirar o cavaco do pau
Trepa Antônio
Siri tá no pau
Eu também sei tirar
O cavaco do pau
Dona Dadá
Dona Didi
Seu marido entrou aí!
Ele tem que sair.
Ele tem que sair"
Ok, depois de ouvir isso por alguns minutos, fiquei pensando:
1- Que raios é um bigorrilho? E.. Mingau? Pô... Já viu um bigorrilho fazendo mingau? Nada a ver! E outra! Prefiro nem perguntar como foi q o tal do bigorrilho ensinou ele a tirar o cavaco do pau.

2- De repente aparece um tal de Antônio na história, trepando no pau onde um tal siri saindo não sei de onde, inventou de subir, daí ele grita pro tal Antônio que ele também sabe tirar o cavaco do pau, subintende-se que Antônio também saiba, mas o interessante é que, o que está no pau não é o cavaco, e sim o raio do siri!

3- Ele cagueta pra dona Dadá e dona Didi, que o marido delas (suponho e q ele era bígamo) entrou em algum lugar, onde? Não sei! E ainda tripudia do infeliz dizendo que ele vai ter que sair!
Bom, em resumo, isso não tem e não faz o menor sentido...
(# Assim como esse texto que escrevi hoje)

Jaime J Junior, é Designer Gráfico e Escritor
TAG